sábado, 23 de abril de 2016

Sangue Quente VS Meu Namorado é um Zumbi

Olá novamente, rockers.
Hoje o que vou fazer não é simplesmente comparar um livro ao seu filme, mas contar qual foi a minha experiência com os dois.

Livro:

Autor: Isaac Marion
Editora: Casa da Palavra
Ano: 2011
Nota: 1/10

Filme:

Diretor/Roterista: Jonathan Levine
Distribuidor: Paris Filmes
Ano: 2013
Nota: 7/10
Como sempre, assisti ao filme primeiro, na verdade eu nem sabia que tinha um livro na época em que assisti ao filme.
Quando assisti fiquei apaixonada.
Obvio que não é um filminho calmo de comedia romântica. Principalmente a parte dos esqueletos que perseguem os zumbis.
Mas acho a história comovente e acho legal que não envolva a versão violenta e (na minha opinião) nojenta dos zumbis da maior parte dos lugares, como em The Walking Dead e Eu Sou A Lenda.
Depois de assistir ao filme, fiquei muito empolgada para ler o livro.
Quando achei, corri para ler.
E odiei.
Não me leve a mal, a escrita é boa e para quem gosta (ou ao mínimo suporta) essas coisas de zumbi, como descrições detalhadas do zumbi matando a pessoa e depois comendo seu cérebro, o livro pode ser maravilhoso.
Mas não gostei dessa visão do mundo, depois quando vi que R não se apaixonou pela humana pois, simplesmente se apaixonou, fiquei muito abalada. ele comeu o cérebro do namorado dela (ok, o filme também mostrava isso, mas era bem menos detalhado), e assim, por causa das memorias dele, ele começou a gostar dela.
Além disso, no filme o envolvimento do namorado dela é mínimo.
Ele não aparece muito e você torce o tempo todo por R, mas no livro se tem uma descrição muito mais detalhada da vida dele, do amor dele pela namorada, a história da morte de seus pais e como ele via essa coisa de apocalipse zumbi.
Para mim, o fim da picada foi a descrição das relações físicas entre os zumbis, aquilo foi nojento.
Então, me desculpe para quem gostou, mas eu não recomendo esse livro a ninguém.
Ao contrário do filme, é muito legal, você se concentra no romance e deixa a parte nojenta e que dá vontade de vomitar para o livro.
Bom, essa foi a minha opinião.
Obrigada por ler e até a próxima, bjs e bye Rockers.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Continue lendo

Follow by Email