sexta-feira, 10 de junho de 2016

Percabeth

Olá Rockers, Cabeças de Alga e Sabidinhas,
Começando as sexta-feiras românticas, e aproveitando o clima de dia dos namorados, vou falar do meu casal favorito de todos os tempos!
Percy e Annabeth, das séries "Percy Jackson e os Olimpianos" e "Os Heróis do Olimpo".

O romance dos dois "começou" no primeiro livro da primeira série, quando os dois tinham 12 anos.
Nós, fãs, tivemos que esperar alguns anos para ver esse casal consolidado, já que eles só ficaram verdadeiramente juntos nos ultimos capitulos do ultimo livro.
Óbvio que o clima já rolava antes, e até um beijo já havia acontecido, mas sempre haviam coisas atrapalhando suas declarações.
Só depois do final da grande guerra contra Cronos vimos esses dois personagens incriveis e guerreiros ficando finalmente (e bota finalmente nisso) juntos.
No primeiro livro, o clima era aquele romance de escolinha, um irrita o outro, mas no fundo eles se gostam.
A partir daquele livro, os dois viraram praticamente parceiros de luta, pois depois disso, foram poucas as missões que elas não fizeram juntos.
O que mais gosto desse casal é a compatibilidade.
Eles são diferentes dos outros. Percy sempre foi diferente de todos, com sua extrema lealdade e uma hiperatividade muito grande, e Annabeth não é uma garota cheia de frescuras, ela é uma guerreira, uma lutadora, inteligente e capaz e nenhum guerreiro estaria a seu alcanse, a não ser Percy.
Ele não é a pessoa mais inteligente de todas e é um pouco impulsivo, enquanto Annabeth é extremamente inteligente e pensa muito antes de agir, isso é os dois se completam.
No começo, o problema era Luke.
Luke tinha salvado Annabeth quando ela era pequena e ela tinha uma profunda admiração por ele.
Até quando ele se tornou mal e praticamente liderou os exercitos de Cronos contra o Olimpo, a fé de Annabeth nele era meio que inabalável. Sempre foi divertido e meio frustrante, ver como o relacionamento deles mexia com Percy.
Quando Luke não era o problema, eles estavam muito ocupados lutando, ou tentando sobreviver a ataques ou até atacando os outros. Tempo para romance sempre foi algo que esses dois não tinham.
No terceiro livro, Annabeth é capturada durante uma missão e Percy passa o resto do livro desesperado, tentando encontra-la.
Depois, quando o primeiro beijo deles aconteceu, no livro, "A Batalha do Labirinto", logo depois dele, Percy foi meio que explodito para longe.
Ele caiu na ilha de Calipso, uma donsela linda e abalada, que recebe de tempos em tempos heróis, com quem se apaixona e aos quais ela vê partir e nunca mais voltar.
Ela cuida muito bem de Percy e ele promete voltar, coisa a qual ele nunca conseguiu fazer.
Enquanto ele está na ilha, todos acreditam que ele morreu, principalmente Annabeth.
Depois disso, Rachel aparece. Pra falar a verdade ela já tinha aparecido, mas ela ainda não era uma "ameça". Óbvio que Annabeth já morria de ciúmes, mas só depois de um tempo ela virá uma possível pretendente para Percy.
No último livro, tenho quase certeza de que todo mundo (menos os ducontras) queriam matar ela por beijar Percy. Ainda bem que isso não dura muito tempo.
Quando Percy e Annabeth finalmente começaram a namorar, alguns meses depois, a rainha do Olimpo, Hera, resolve pegar Percy, apagar sua memória e o mandar para o outro lado do pais.
Annabeth sai a sua procura e manda todos os que conhece atrás dele também.
Enquanto isso Percy perdeu suas memórias, mas ele ainda lembra o nome dela, ela é a univa coisa que ele lembra, ele ainda tem sonhos com ela e é ela que praticamente mantém sua força.
Quando eles se reencontram (depois de dois livros de angustiante espera), eles caem no Tartaro, depois de terem lutado muito. Sobrevivem ao Tártaro e ainda meio que salvam o mundo, depois vão lutar mais e salvam o mundo de vez.
No último livro, os planos dos dois eram ir para o Acampamento Júpiter e fazer faculdade juntos, vemos que esse plano está em andamento, no livro "O Oráculo Oculto", da nova série, "As Provações de Apolo".
Percy está estudando muito para passar nas provas, e entrar na faculdade e Annabeth está longe dele, mais uma vez, resolvendo um problema de família  (Magnus Chase).
Os dois também aparecem salvando o mundo mais uma vez no "livro" "A Coroa de Ptolomeu", que mistura mitologia grega e egipicia, junto com os personagens da outra série do tio Rick "As Cronicas de Kane". Ali não há nenhuma mudança no relacionamento dos dois, mas percebemos que seus serviços estão sempre sendo requisitados, mesmo depois das grandes guerras e desastres.
Não sei o que os espera no futuro, mas sei que estarão juntos, derretendo nossos corações.
Por hoje é só!
Bjs e bye Rockers!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Continue lendo

Follow by Email