terça-feira, 26 de abril de 2016

Harley Quinn

Olá Rockers

O assunto de hoje é a minha personagem dos quadrinhos favorita, Harley Quinn, ou Arlequina para os brasileiros.
Harley Quinn, ou Dra. Harleen Quinzel é mais conhecida por ser a namorada do Coringa e integrante do Esquadrão Suicida.
Ela, diferentemente de outros personagens, não começou em um quadrinho e sim nos desenhos animados.
Criada em 1992, pelo roteirista Paul Dini e o desenhista Bruce Timm, foi designada para apenas um episódio na “Série Animada do Batman”, onde seria a ajudante do Coringa, mas o sucesso foi tão grande que resolveram mantê-la.
Sua história original foi contada no episódio “Mad Love” da “Serie Animada do Batman”. Nesse episódio descobrimos que Harley era uma doutora recém chegada no Asilo Arkham. A estudante de psicologia era obcecada por mentes extremas e tinha o desejo de estuda-las e até fazer um livro sobre elas.
Assim que chegou encontrou o Coringa, que logo virou seu paciente.
Como o palhaço do crime não é nem um pouco burro, ele a manipulou contando histórias trágicas (e falsas) de sua infância.
A doutora se viu simpatizante com o criminoso e acabou o ajudando a fugir várias vezes.
Ela se convenceu que o vilão da história era o Batman, por não entender as atrocidades que o pobre Coringa passou, e assim puni-lo por suas ações.
Logo ela estava apaixonada pelo maníaco de Gotham e se convenceu de que a única maneira de ajudar seu amor e ter um “felizes para sempre” era acabando com o Batman.
Se vestiu de “palhaça” e saiu para ajudar seu “Puddin” (o apelido que ela deu ao Coringa) a derrotar o morcego de Gotham.
A partir dali, sua vida no crime começou.
Ela foi mandada para o Asilo Arkham como prisioneira várias vezes e saiu tanto por fuga, quanto por reabilitação (que não durou muito tempo), ou até por “boas ações” (como “ajudar” o Batman).
Existem várias versões do “nascimento” de Harley.
A história acima foi a primeira, mas existem versões onde ela foi jogada pelo Coringa em um tonel de químicos, assim como ele, e ficando com a pele pálida e o cabelo colorido, além de louca. Outra versão diz que ele a eletrocutou, a levando a loucura.
Mas de uma maneira ou de outra, algumas coisas não mudam. Ela sempre começa como psicóloga do Coringa e sempre enlouquece. E sempre, sempre, sempre, se apaixona por ele e vira sua fiel ajudante e ocasional saco de pancadas.
Ela foi inserida no Esquadrão Suicida dos “Novos 52”.
Ali, ela é uma prisioneira de Belle Reve e pinta e borda no posto de “heroína”.
Uma coisa que poucas pessoas sabem, mas que ultimamente tem sido muito comentado é: Harley e o Coringa tem uma filha. Sim, em um quadrinho de “Injustice: Gods Among Us”, ela conta a Canário Negro que já teve uma filha do palhaço do crime e que ela mora com sua irmã em outra cidade, o Coringa, obviamente não sabe da existência da criança, pois todos sabemos como isso seria perigoso.
Bom, acho que por hoje essas são as informações.
Tenho certeza de que vocês ainda verão vários posts falando da Harley Quinn, então qualquer informação faltante aqui será suprida em próximos posts.

Bjs e bye Rockers!

http://lasquei.blogspot.com.br/search/label/Arlequina%20%282000%29 (link para ler Hqs de 2000)
http://weheartit.com/hurricannieannie/collections/106604463-harley-quinn (link para pasta da Harley no meu We Heart It)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Continue lendo

Follow by Email